Fale um Pouco Sobre Você

Fale um Pouco Sobre Você

Algumas perguntas são complicadas na hora da entrevista de emprego. Uma das mais famosas é: “fale um pouco sobre você”. 

Esse momento é o ideal para causar uma primeira impressão de qualidade. No entanto, muitas pessoas não sabem como responder a pergunta de forma eficiente e prática. 

Pensando nisso, vamos tirar as principais dúvidas sobre um dos questionamentos mais temidos pelos recrutadores. 

O artigo será dividido da seguinte forma. 

  • Por que a pergunta “fale um pouco sobre você” é importante?
  • O que responder na hora do “fale um pouco sobre você”?
  • Como montar o Pitch Pessoal?
  • Quais são as melhores frases para dizer no “fale um pouco sobre você”?

Quer ter mais confiança na hora do processo seletivo? 

Então, continue lendo este artigo e tire todas as suas dúvidas. 

Por que a pergunta “fale um pouco sobre você” é importante? 

Geralmente, a primeira pergunta de uma entrevista de emprego é para que o candidato fala sobre o seu perfil. Essa é uma das etapas mais importantes da conversa, pois a resposta pode determinar o sucesso da entrevista. 

Por isso, não ignore a pergunta e procure treinar bastante para impressionar o recrutador. Ele observa não só a sua fala, mas também a linguagem corporal.

A junção desses dois ingredientes ajuda a definir melhor o seu perfil.

O que responder na hora do “fale um pouco sobre você”?

Existem diversas dicas que ajudam o candidato a descrever as suas características. 

Conheça abaixo as mais importantes! 

Faça o autoconhecimento 

O autoconhecimento é fundamental para qualquer entrevista de emprego. Você deve se conhecer para responder os recrutadores com clareza. 

Portanto, reserve um período do seu dia para identificar os seus pontos fortes e fracos. 

Assim, você saberá quais são as melhores habilidades para acrescentar nesse tópico. 

Busque motivações 

A motivação é um dos itens que os recrutadores mais analisam durante o processo seletivo. Eles querem entender os motivos pelos quais aquela vaga é importante para o seu objetivo profissional. 

Neste momento é avaliada a motivação intrínseca do candidato. 

Ela se refere às motivações que já estão presentes na pessoa, ou seja, não há necessidade de influência externa para aumentar a sua performance no trabalho. 

Então, descreva uma história pessoal que demonstre o quanto é motivado pela sua profissão e pela sua carreira, e não somente pelo lucro que o negócio pode oferecer ao colaborador.  

Por isso, utilize a seguinte resposta. 

“Tenho sete anos de carreira na área de recursos humanos e aprendi muitas curiosidades sobre o meu perfil. Percebi, por exemplo, que fico satisfeito quando tenho capacidade de criar histórias que ajudem e inspirem outros colaboradores.”

Mostre os seus desafios 

Os recrutadores buscam candidatos que têm sede por desafios, pois eles ajudam a melhorar o nível dos outros membros do time. 

Você pode listar os desafios do seu segmento e também das tarefas diárias.

“Atualmente trabalhamos em uma área em que a concorrência é alta entre as empresas e elas buscam a liderança em um ambiente limitado, o que prejudica o desempenho com conteúdos de baixa qualidade. Superar esse problema não é fácil, mas nunca fui um obstáculo . Isso não prejudica a minha motivação. É algo que traz mais vontade de trazer inovação e encontrar novas formas de se comunicar com o cliente”. 

Apresente as suas qualificações 

Agora que você listou quais são as principais dificuldades da área, recomendamos mostrar como as suas qualificações podem ajudá-lo a superar cada etapa. 

“Há várias empresas interessadas no marketing de conteúdo e isso foi determinante para potencializar minhas habilidades nas melhores ferramentas do mercado, além de ter uma visão mais completa sobre a análise de dados. Os números são essenciais para melhorar as tomadas de decisões e sei que é importante ser um especialista em estratégias e produção de conteúdo. A minha resiliência ajudou a descobrir novas informações sobre dados e transformá-los em um conteúdo mais assertivo.”

Liste os seus objetivos 

Outra dica interessante é escrever sobre as suas paixões e características que devem estar alinhadas com os objetivos e interesses do negócio. 

“É por isso que considero ser um colaborador de alta performance para a empresa, pois admiro duas coisas que vocês valorizam: análise de dados e possibilidade de contar lindas histórias. Acho que posso ser eficiente nas duas áreas.”

Fale porque você tem interesse em trabalhar na empresa

Neste momento, você deve mostrar quais são os motivos pelos quais você deseja trabalhar na empresa. Isso é muito importante porque você teve iniciativa de investigar o cenário atual da organização. 

A sua pesquisa demonstra proatividade, uma das habilidades mais requisitadas pelos recrutadores. 

“Esse também é uma ótima oportunidade para se trabalhar na empresa Azevedo. Participei do congresso em agosto e fiquei impressionado com a qualidade dos novos serviços e produtos. É claro que a empresa Azevedo tem buscado inovação e proporciona várias novidades para o setor. Seria muito interessante fazer parte desse processo!”. 

Conte sobre resultados da sua carreira profissional 

Para impressionar o recrutador, mostre de que forma você impactou nos resultados das empresas. 

“Fui o planejador de conteúdo com a melhor performance na minha empresa atual. Consegue dobrar o número de acessos do blog e aumentei o número de contatos de cliente por meio do blog em 50%. Acho que poderia ajudar no planejamento de conteúdo, produzindo materiais de qualidade para uma audiência qualificada.”

Seja objetivo 

A resposta da pergunta “fale um pouco sobre você” não pode ser longa. Use frases breves e otimistas. Lembre-se também que os recrutadores não têm interesse em ouvir detalhes sobre a sua vida, mas sim sobre a sua carreira profissional. 

Então, dê uma resposta com foco, destacando as sua maiores conquistas. 

O tópico “fale um pouco sobre você” não pode ultrapassar, por exemplo, mais de 10 minutos. 

O tempo indicado para contar sua história é no máximo três minutos. 

Você deve treinar bastante para ter segurança durante o processo seletivo. Chame um colega da área, um parente ou um amigo para avaliar a sua performance. 

Crie uma estrutura 

Uma estrutura eficiente consegue guia o seu discurso. Por isso, deve-se seguir a lógica de experiência, raciocínio e oportunidades para acompanhamento. 

A estrutura da apresentação pode ajudá-lo a falar a sua história de forma objetiva. 

Demonstre entusiasmo 

Se o recrutador pediu que você fale um pouco sobre você, execute essa tarefa com bastante entusiasmo. 

A falta de energia pode não transmitir uma imagem de confiança ao recrutador. Então, mantenha-se animado para falar sobre o seu perfil. 

Como montar o Pitch Pessoal? 

O pitch pessoal é uma ótima ferramenta para ajudá-lo na hora de falar um pouco sobre o seu histórico profissional. 

  • Crie uma linha lógica de pensamento. Antes de iniciar o processo, pense nos itens que não podem faltar. Depois, comece a escrever o pitch, ligando esses pontos;
  • Faça o autoconhecimento. Ele ajuda a entender quais são as suas características. Pense em suas qualidades e pontos fracos para registrá-los no documento. Depois avalie o seu perfil; 
  • Apresente os seus melhores resultados: use os dados para comprovar as suas ações em empresas anteriores; 
  • Mantenha-se tranquilo. O nervosismo pode prejudicar a sua apresentação. Portanto, evite perder o controle. 

O pitch registra todas as informações que são essenciais para a sua apresentação. 

Quais são as melhores frases para dizer no “fale um pouco sobre você”? 

Agora que você já sabe como responder a pergunta “fale um pouco sobre você” e como ela é importante, vamos praticar? 

Separamos alguns exemplos de frases para auxiliá-los na criação das respostas. 

  • Tenho formação em jornalismo pela Universidade… e já tive experiências em diversas mídias…, onde adquiri muitos conhecimentos sobre…”;
  • “Se fosse para escolher um momento importante da minha carreira diria que foi quando finalizei uma negociação de … para a organização”; 
  • “Tenho objetivo de melhorar as minhas habilidade de…. E de construir uma carreira neste segmento de.. Que despertou o meu interesse desde a infância”;
  • “Acho que nesta função, onde a cultura tem os valores de…, teria um bom local de trabalho para exercer a minha função”. 

Percebeu que falar um pouco sobre você é mais simples do que parece? Agora, basta criar o seu pitch pessoal e treinar para o processo seletivo. Assim, estará mais qualificado para as próximas etapas. 

Veja também: O que você deve colocar no currículo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *